sexta-feira, 28 de maio de 2010

Liturgia Evangélica 3: Os líderes

Por Michael Spencer (iMonk)

Originalmente publicado em InternetMonk, 16 de agosto de 2009. Traduzido com permissão.

Introdução, Parte 1, Parte 2.

Se você está esperando um tratado completo de Teologia Pastoral, terá de me desculpar. Eu vou falar aqui sobre a relação dos líderes com o serviço de culto propriamente dito, e algumas questões correlatas. O sermão será um tópico separado. Um dos argumentos que eu quero colocar é que o papel do ministro não se resume ao de pregador.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Liturgia Evangélica 2: A Caixa de Ferramentas

Por Michael Spencer (iMonk)

Originalmente publicado em InternetMonk, em 15 de agosto de 2009. Traduzido com permissão.

NOTA: Já leu a Introdução? O primeiro post? Você deve.

As "ferramentas" para o culto referem-se aos livros e literatura de apoio necessários para fornecer um conteúdo, sabor e limites distintamente evangélicos ao culto público.

Um dos problemas com o culto evangélico é que a "caixa de ferramentas" inteira é, com freqüência, apenas o pastor e/ou o "líder de louvor"! Isso jamais deveria ser assim. Um membro ou visitante de igreja protestante deveria sempre poder recorrer à caixa de ferramentas de conteúdo autoritativo e não-autoritativo, e compreender o que está acontecendo no culto e mesmo o por quê do que está acontecendo.

domingo, 23 de maio de 2010

Pentecostes!

Hoje comemoramos o aniversário da Igreja Cristã!

Proposta de culto para o Domingo de Pentecostes:

Formato Word (melhor para ler em tela)
Formato PDF (pronto para a impressão em formato boletim)

domingo, 16 de maio de 2010

A Liturgia Evangélica 1: O ambiente de culto

Por Michael Spencer (iMonk)

Originalmente publicado em InternetMonk, 14 de agosto de 2009. Traduzido com permissão.

Link para um ótimo artigo (em inglês) sobre o design do espaço litúrgico no Calvin Institute of Christian Worship.

Nota: alguém me perguntou onde foi que eu, um Batista do Sul, peguei a febre da liturgia. Eis aqui uma foto da Igreja Batista de Highland, em Louisville, onde eu ministrei por três anos. Do presbitério. E do lado de fora.

O culto da Nova Aliança pode acontecer em qualquer lugar, a qualquer momento. Não existe um tipo de lugar especificada nas Escrituras, nem qualquer disposição dos elementos externos do culto que nós somos mandados imitar.

(iMonk) Nova série: A liturgia evangélica - Introdução


Por Michael Spencer (iMonk)

Originalmente publicado em InternetMonk, em 13 de agosto de 2009.

***
A partir de hoje, a SLR começa a publicar uma série de autoria de Michael Spencer, o falecido iMonk, sobre as igrejas evangélicas (quase universalmente a-litúrgicas do ponto de vista da tradição ocidental) e a relação que elas podem estabelecer com a forma do culto da Igreja universal.

iMonk foi batista de berço, tomou contato com a liturgia histórica ainda no seminário e tornou-se um entusiasta da sua promoção nas igrejas evangélicas, que não costumam ter laços com a tradição cristã histórica.

Suas lições podem muito bem se aplicar a igrejas protestantes que perderam o contato com as suas raízes. A SLR agradece, como sempre, a autorização de tradução e publicação desses artigos, dada pelos editores do InternetMonk.

O Editor

***

Estou começando uma série de breves (espero) posts sobre "a liturgia evangélica". Nestes posts, eu vou pesquisar os elementos básicos de uma ordem de culto protestante tradicional, em uma igreja tradicional. E vou oferecer um breve comentário de cada um desses elementos, na intenção de explicar e desdobrar o que eu vejo como o valor de uma liturgia tradicional evangélica.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Manual de instruções para a vida

Não tem muito a ver com o escopo do blog, mas este vídeo é bom demais para deixar passar.

Pra quem clicar e assistir direto no youtube, há legendas em português.