quinta-feira, 20 de julho de 2017

Matthew Henry e a disciplina puritana da oração em família

John Faed (1819-1902). A noite de sábado do lavrador. Gravura. Museu Burns House, Mauchline, Escócia, Reino Unido. 
Os puritanos são um marco na história da Reforma e na história da Igreja, de uma forma geral. Sua tremenda paixão, seriedade e intencionalidade em todos os assuntos em que se envolviam sempre provocaram, em seus observadores e principalmente em seus oponentes, um misto de admiração e revolta.
Neste artigo, o Prof. Hughes Oliphant Old parte da obra de Matthew Henry para descrever a prática puritana da oração diária em família, o Culto doméstico, traçando um paralelo entre ela e o ofício diário monástico medieval -- demonstrando, afinal, uma imensa catolicidade nessa importante disciplina familiar puritana.


O artigo pode ser baixado neste link. (PDF, aprox. 6MB).

2 comentários:

Ricardo Valverde disse...

Prezado Eduardo,
Descobri hoje o seu site e, sendo católico, dou-lhe parabéns pela forma respeitosa com que se refere à Igreja Católica. Tenho parentes presbiterianos (inclusive minha amada mãe) e também costumo tratar da mesma maneira os irmãos protestantes. Fiquei igualmente surpreso, positivamente surpreso, com os seus textos sobre o Ano Litúrgico e a Quaresma, entre outros.
Deus o abençoe! Paz e bem!

Eduardo H. Chagas disse...

Caríssimo, grato pelas palavras gentis! Deus o abençoe ricamente!